sábado, janeiro 22, 2011

Bahia vence América-MG e enfrentará Flamengo na decisão da Copinha

Em uma partida aguerrida e muito disputada em São Carlos, o Bahia derrotou o América-MG por 2 a 1 e está na decisão da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Com a vitória no estádio Professor Luís Augusto de Oliveira, o Tricolor se tornou o primeiro clube nordestino a chegar a uma final da competição, que será disputada na próxima terça-feira, no estádio Pacaembu, contra o Flamengo. O lateral-direito Madson fez os dois gols da equipe soteropolitana, e Caleb marcou para o Coelho.

Melhor no início do primeiro tempo, o Bahia teve duas boas chances de abrir o placar com Brendon, mas o meia as desperdiçou. Até que, aos 31 minutos, o Tricolor saiu na frente. Madson foi derrubado por Bryan dentro da área, e o árbitro Sérgio da Rocha Gomes marcou o pênalti. Na cobrança, o camisa 2 do tricolor baiano chutou no canto direito de Matheus, que pulou para o lado oposto.

Mas a vantagem da equipe baiana na etapa inicial durou apenas seis minutos. Aos 37, o Coelho conseguiu empatar o jogo. Após boa jogada de Fred, Caleb experimentou da entrada da área, a bola tocou na trave direita e entrou no gol de Renan, que nem se mexeu.

Aos 43, o Tricolor baiano quase retomou a vantagem em um lance curioso. Fábio fez linda jogada pela direita, entrou na área e soltou uma bomba. A bola entrou no gol, mas pelo lado de fora - o árbitro, acertadamente, assinalou o tiro de meta. Depois da marcação, o juiz fez um remendo na rede rasgada e mandou o jogo seguir. Nos minutos finais do primeiro tempo, as duas equipes não pressionaram e desceram para o vestiário em igualdade no placar.

No início do segundo tempo, o Bahia pressionou o América-MG. Logo no segundo minuto, Brendon desperdiçou mais uma oportunidade de marcar para o Bahia. Após confusão na área do Coelho, o camisa 8, sem marcação, arriscou a conclusão. A bola desviou no marcador e saiu pela linha de fundo. Quatro minutos depois, Jussandro cobrou escanteio, Eduardo, sozinho na pequena área, cabeceou e a bola saiu à esquerda do gol de Matheus.

Aos 18, o Bahia consegui o seu segundo gol. Em cobrança de falta da entrada da área, Brendon rolou e Madson chutou colocado no canto direito de Maheus. O goleiro do América-MG tentou, porém não conseguiu evitar que a bola entrasse.
Com a vantagem no placar, o Bahia começou a prender a bola no campo de ataque, e os jogadores ficavam caídos em lances faltosos ou não. O América-MG tentou pressionar o time nordestino. Aos 46, o time mineiro teve a sua última chance de empatar. Caleb, em cobrança de falta, cruzou da esquerda, a bola passou pela defesa baiana e Hindian quase empatou, porém a bola foi para fora.
Fonte:Globo Esporte

0 comentários:

Postar um comentário