sábado, janeiro 22, 2011

Tadeu recusa ir para o Vitória e prejudica negociação com o clube por Elkesson


A recusa de um atleta palmeirense em seguir para o Vitória, como parte da negociação para que o clube paulista tivesse Elkeson, ameaça impedir a transferência do jovem meia-atacante para o Palestra Itália. O atacante Tadeu e o meia Patrik foram oferecidos para o clube baiano. Mas não houve acerto entre um deles e o time baiano.
- Em dezembro, perto do Natal, estive em São Paulo com o Palmeiras. O Galeano (supervisor palmeirense) me falou da vontade em contar com o Elkeson. Na última semana, ele me ligou, conversamos umas duas, três vezes. Não fechamos porque o Vitória queria dois jogadores do Palmeiras. Nosso elenco é reduzido. Eles colocaram os atletas à disposição e mais um aporte financeiro - disse Beto Silveira, diretor do Rubro-Negro baiano, em entrevista à Rádio Globo.
- Tenho interesse em ajudar o Palmeiras pela amizade que temos. Só um atleta emperrou o caso. O outro estava disposto a vir para o Vitória - acrescentou, sem citar os nomes.
Silveira afirmou que ainda há possibilidade do negócio acontecer. O vice-presidente de futebol do Palmeiras também não considera o caso encerrado.
- Naquele momento não deu certo. Pode ser que essa negociação nem seja retomada. Mas vamos ver o que vai acontecer - afirmou Roberto Frizzo ao GLOBOESPORTE.COM.
Elkeson é uma das principais revelações recentes do Vitória. O meia-atacante de 21 anos tem 50% dos seus direitos ligados ao Benfica (Portugal) desde 2008. A outra metade é dividia entre o time baiano (30%) e  empresários (20%).
Tadeu já não faz mais parte dos planos do técnico Luiz Felipe Scolari. Desde terça-feira, o atacante tem treinado em período separado do restante do elenco, ao lado de jogadores como Wendel, Luis, Fabinho Capixaba e Preá, que esperam um clube para a temporada.
Fonte:Globo Esporte

0 comentários:

Postar um comentário