quinta-feira, setembro 15, 2011

Kléber cobra outra postura do Palmeiras


Kléber voltará ao Verdão no jogo contra o Avaí(Foto:Ari Ferreira)

Kléber,desde que se envolveu na polêmica com o Flamengo,tem evitado de dar entrevistas coletivas,mas nessa quinta-feira,o camisa 30 do Verdão resolveu dar uma entrevista ao site oficial do clube e disse que o Palmeiras tem obrigação de acabar com a ridícula sequência de derrotas e empates,nos últimos 10 jogos o Palmeiras só venceu o Corinthians,e atualmente ocupa a 8ª colocação do Brasileirão,na terça-feira Arnaldo Tirone teve uma conversa com os jogadores e pediu no mínimo uma vaga na libertadores.Confira o que o jogador disse em sua entrevista:

- A conversa foi muito boa para gente expor algumas coisas. O presidente e a diretoria também colocaram alguns pontos do que eles tem visto de fora. Posso dizer que a diretoria tem se esforçado muito para nos ajudar. E nós jogadores sabemos que o esforço tem sido grande por parte da direção. Até por isso, precisamos dar o nosso melhor.
- Precisamos ter um espírito diferente. Às vezes faltam poucas coisas, que é desatenção. E não só desatenção, mas às vezes um pouco de tesão. Aquele espírito de ganhar uma bola, de dividir forte sem ser desleal, de dar um carrinho a mais... Às vezes a gente fica chateado com algumas coisas e esquece de outras que são muito maiores. A gente esquece do clube, que é maior do que todos nós, esquece do torcedor... 
- A gente precisa pensar mais no Palmeiras, na torcida e também em nós mesmos, nas nossas famílias, no que a gente quer para a nossa carreira. A gente precisa parar de reclamar, parar com algumas picuinhas, com coisas pequenas que ficamos levando e guardando. Isso prejudica, por isso vamos esquecer e pensar mais no Palmeiras - afirmou o camisa 30, que promete muita disposição nos próximos jogos.
- Às vezes, a gente fala que joga bem, mas eu não acho. Não acho porque só joga bem quem ganha, e a gente não está ganhando. Precisamos realmente mudar e sabemos que a fase agora é decisiva. Não podemos deixar escapar até mesmo a chance de disputar a Libertadores. Vamos dar um gás nessas 15 rodadas que faltam e colocar o coração na ponta da chuteira, comer grama e jogar com amor e inteligência. Queremos subir na tabela e para isso vamos tentar dar uma arrancada já a partir desse domingo - completou.

0 comentários:

Postar um comentário