quinta-feira, junho 23, 2011

Muricy diz que Barça é favorito no mundial!!!

 Libertadores nem bem terminou e Muricy Ramalho já se vê envolto em perguntas sobre o Mundial de Clubes, marcado para dezembro, no Japão. Logo depois de erguer a Taça Libertadores com o Santos, quarta-feira, no Pacaembu, o treinador já teve de comentar sobre a chance de encarar o Barcelona em uma final do torneio intercontinental.

- O Barcelona vai me deixar louco. É o favorito, mas como não desistimos nunca, vamos batalhar.

Além de ter de se preocupar com o Barcelona de Messi e companhia, que encanta o mundo com um futebol extremamente ofensivo, Muricy também tem de pensar nas suas principais peças do time. Cobiçados por clubes europeus, Neymar e Ganso podem deixar o Peixe nas próximas semanas, caso alguém pague suas multas milionárias – o primeiro não sai da Vila Belmiro por menos de € 45 milhões (R$ 104 milhões) e o segundo custaria a um rival € 50 milhões (aproximadamente R$ 113 milhões).

Por conta das cifras altas e do glamour de atuar no futebol europeu, Muricy disse que não pretende conversar com os atletas para convencê-los a tomar alguma decisão, caso algum clube resolva fazer uma proposta.

- Em todo lugar que eu vou, se puder orientar o jogador com arbitragem ou ajudar na carreira, eu faço. Mas nunca interferir em um sonho, porque já joguei futebol e sei como é . Se consigo ajudar com a minha experiência, perfeito. Mas não vou me meter no contrato deles, de ter de ficar. Não é problema meu. Se passarmos a fase de classificação no Mundial para jogarmos com o Barcelona, com esses caras, já vai ser super difícil. Imagine sem eles.

Fazer com que Neymar permaneça no Santos não parece ser uma grande dificuldade. Em agosto passado, ele teve seu contrato revisto, ganhou aumento salarial e assinou para permanecer na Vila Belmiro até 2015.

Já Paulo Henrique Ganso discute algumas cláusulas do seu atual contrato desde agosto passado, quando se machucou seriamente em jogo contra o Grêmio. Depois disso, as negociações com a diretoria emperraram e devem ser retomadas agora, com o fim da Libertadores. O atleta nem quer um aumento substancial no salário, mas briga pela diminuição no valor da sua multa rescisória justamente para ter facilitada a sua ida para a Europa.

1 comentários:

Lara disse...

Oiee, passando pra te desejar um ótimo São João. Beijoo

Postar um comentário